"O verdadeiro analfabeto é aquele que sabe ler, mas não lê." Mario Quintana

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Trailer do canal!!!

Genteeeee, segura essa marimba ai. O trailer já está no youtube, o canal já está ativo, já temos vídeos programadas...
Ou seja, já estamos de volta!

Bown down, bitch.






Não se esqueçam de se inscrever no canal. E deixem seus comentários, quero saber a opinião de vocês.
Até a próxima...


...Diálogo Literário...

domingo, 17 de abril de 2016

Trem de ferro - Manuel Bandeira

Postado Por: with 1 Comentario


Café com pão
Café com pão
Café com pão

Virge Maria que foi isso maquinista?

Agora sim
Café com pão
Agora sim
Voa, fumaça
Corre, cerca
Ai seu foguista
Bota fogo
Na fornalha
Que eu preciso
Muita força
Muita força
Muita força
(trem de ferro, trem de ferro)

Oô...
Foge, bicho
Foge, povo
Passa ponte
Passa poste
Passa pasto
Passa boi
Passa boiada
Passa galho
Da ingazeira
Debruçada
No riacho
Que vontade
De cantar!
Oô...
(café com pão é muito bom)

Quando me prendero
No canaviá
Cada pé de cana
Era um oficiá
Oô...
Menina bonita
Do vestido verde
Me dá tua boca
Pra matar minha sede
Oô...
Vou mimbora vou mimbora
Não gosto daqui
Nasci no sertão
Sou de Ouricuri
Oô...

Vaou depressa
Vou correndo
Vou na toda
Que só levo
Pouca gente
Pouca gente
Pouca gente...

domingo, 3 de abril de 2016

Polonaises - Paulo Leminski

Postado Por: with 1 Comentario



Dança da chuva
senhorita chuva
me concede a honra
desta contradança
e vamos sair
por esses campos
ao som da chuva
que cai sobre o teclado

aqui
nesta pedra
alguém sentou
olhando o mar
o mar
não parou
pra ser olhado
foi mar
pra tudo que é lado

um deus também é o vento
só se vê nos seus efeitos
árvores em pânico
bandeiras
água trêmula
navios a zarpar

me ensina
a sofrer sem ser visto
a gozar em silêncio
o meu próprio passar
nunca duas vezes
no mesmo lugar
a este deus
que levanta poeira dos caminhos
os levando a voar
consagro este suspiro
nele cresça
até virar vendaval

um passarinho
volta pra árvore
que não mais existe

meu pensamento
voa até você
só pra ficar triste

tenho andado fraco
levanto a mão
é uma mão de macaco
tenho andado só
lembrando que sou pó
tenho andado tanto
diabo querendo ser santo
tenho andado sem pai
yo no creo em caminos
pero que los hay
hay

um dia
a gente ia ser homero
a obra nada menos que uma ilíada

depois
a barra pesando
dava pra ser aí um rimbaud
um ungaretti um fernando pessoa qualquer
um lorca um éluard um ginsberg

por fim
acabamos o pequeno poeta de província
que sempre fomos
por trás de tantas máscaras
que o tempo tratou como a flores

um poema
que não se entende
é digno de nota
a dignidade suprema
de um navio
perdendo a rota

Meu avô-macaco
Aquele que Darwin buscou
Me olha do galho:
Busca a força dos caninos
O vigor dos pulsos
O arfar do peito
O menear da cabeça
O trabalho
Tudo se foi
Nada mais resta
Do fulgor primata
Da força de boi
Saber
Saber mata

Do livro "Toda poesia" de Paulo Leminski

domingo, 27 de março de 2016

TAG - Livros com chocolates

Fala ai, galerinha. Sei que hoje não é dia de tag, mas estou adiantando uma postagem para vocês. Hoje é páscoa, é dia de comer chocolate, é dia de engordar, é dia de tag nova e ORIGINAL aqui no blog. Uhuuu
Essa tag foi feita juntamente com o blog parceiraço Encontro com livros, e consiste em trazer para vocês livros que tenham características compatíveis com as características de alguns chocolates selecionados.


Espero que vocês gostem... Haaa, não posso esquecer das regras...

1 - Indicar pelo menos 3 blogs para responder a tag (Eu sei, eu vou quebrar essa regra, mas só porque é Páscoa);
2 - Linkar os blogs criadores da tag;
3 - Usar a logo da tag.



1 - Ovo de Páscoa - Só tem casca, mas é vazio por dentro. Um livro lindo, mas sem conteúdo.
R: A solidão dos números primos. Juro que eu estava super empolgado com esse livro. Mas assim como o ovo de chocolate só é bom no inicio e acaba rápido, assim também foi com esse livro. Começou bem, mas... Ok, vamos para a próxima.


2 - Bombom serenata - O mais gostoso fica por dentro. Um livro que você não dava nada pela capa, mas que o conteúdo te surpreendeu.

R: O aprendiz. Esse é o primeiro livro da saga As aventuras do caça-feitiço. A capa dele é bem simples, mas a história... Me surpreendeu. 

3 - Barra de chocolate - Basico e cotidiano. Um livro que você queria que todo mundo conhecesse.
R: Ninguém como você. Esse livro é fantástico. Por favor, leiam. Foi um dos meus primeiros livros na fase adolescente.

4 - Chocolate meio amargo - Nem todos gostam. Um autor que a escrita não te agrada.
R: Nicholas Spark. Gente, sério, já tentei. Mas é muito água com açúcar, é muito arrastado... Deu não.


5 - Chocolate branco - Nem é chocolate, mas é doce e gostoso. Um livro muito meloso.
R: Crepúsculo. E falando em livros água com açúcar... que po**a de romance é esse??? A Bella chega a me dar raiva. 


6 - Chocolate ao leite - O preferido . Seu autor e gênero preferido.
R: Autor: Neil Gaiman. Nem preciso dizer nada. Ele é maravilhoso. Olha o especial aqui sobre ele.

Gênero: Fantasia e YA.

7 - Crocante - O seu melhor livro de capa dura.
R: Os miseráveis, sempre. rs


8 - Confetes - Um festival de cores. Um livro com a capa colorida.
R: Zumbis x unicórnios.


9 - Aqueles Bombons que ficam pro final da caixa - Um livro que você sempre empurra para depois.
R: Crime e castigo. EU PRECISO LER ESSE LIVROOOOO. rs

10 - Garoto - A mais popular. Um personagem popular, que todo mundo gosta.
R: Alasca Young. Como não amar? *-*


11 - Nestlé - A caixa com maior variedade de bombons. Um livro que fala de vários temas, romance, suspense, drama...
R: O morro dos ventos uivantes tem de tudo um pouquinho. Tem romance, tem drama, tem suspense, tem uns elementos sobrenaturais... É um livro com tudo dentro.


12 - Lacta - A mais cara. Qual foi o livro que você pagou mais caro.
R: Os miseráveis, minha capa mais linda, minha edição favorita, o reizão da minha estante. rs Ele me custou uma facada de R$ 99,99. Gente, sério, um absurdo.


13 - Bel - A mais barata. Qual foi o livro que você pagou mais barato.
R: Magno é um livro nacional que eu comprei numa feirinha por R$ 2,00. E o livro é maravilhoso. Valeu muito a pena.


14 - Cacau Brasil - A marca que representa os brasileiros. Seu autor nacional favorito.
R: Helder Caldeira, ele é o autor de Águas turvas. Ele conseguiu me conquistar com esse único romance. Já sou fã.


15 - Kopenhagen - Considerado o top. O melhor livro que você já leu.
R: Águas turvas. Como eu disse anteriormente, o autor conseguiu me conquistar com esse livro. É muito surpreendente.

É isso ai galerinha. Espero que tenham gostado. Deixem seus comentários. Não esqueçam de seguir o blog, curtir nossa página no Facebook e se inscrever no nosso canal no Youtube... Haaaaaaa, e falando em Youtube, tive um pequeno problema e em breve os vídeos estarão sendo postados no canal. Aguardem!!!

Até a próxima...




...Diálogo literário...

domingo, 20 de março de 2016

Loucos e santos - Oscar Wilde



Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila.
Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante.
A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos.
Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo.
Deles não quero resposta, quero meu avesso.
Que me tragam dúvidas e angústias e aguentem o que há de pior em mim.
Para isso, só sendo louco.
Quero os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças.
Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta.
Não quero só o ombro e o colo, quero também sua maior alegria.
Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto.
Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade.
Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos.
Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça.
Não quero amigos adultos nem chatos.
Quero-os metade infância e outra metade velhice!
Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa.
Tenho amigos para saber quem eu sou
Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que “normalidade” é uma ilusão imbecil e estéril.

sábado, 19 de março de 2016

Estamos no Youtube!!!


PARA TUDO QUE EU QUERO DESCER!!!

Minha gente, o Diálogo literário está no Youtube. O.o
É com muita alegria que informo a vocês que o nosso canal está no ar.

A vinheta já está disponível para todos assistirem. E já vai sair o primeiro vídeo!!!


O canal no youtube não irá substituir o blog, fiquem calmos rsrs
Mas ele será um complemento.
Lá poderemos conversar com mais liberdade.
Conto com a participação de vocês.

Até a próxima...




...Diálogo literário...

domingo, 6 de março de 2016

Quero - Carlos Drummond de Andrade



Quero que todos os dias do ano
todos os dias da vida
de meia em meia hora
de 5 em 5 minutos
me digas: Eu te amo.
Ouvindo-te dizer: Eu te amo,
creio, no momento, que sou amado.
No momento anterior
e no seguinte,
como sabê-lo?
Quero que me repitas até a exaustão
que me amas que me amas que me amas.
Do contrário evapora-se a amação
pois ao não dizer: Eu te amo,
desmentes
apagas
teu amor por mim.
Exijo de ti o perene comunicado.
Não exijo senão isto,
isto sempre, isto cada vez mais.
Quero ser amado por e em tua palavra
nem sei de outra maneira a não ser esta
de reconhecer o dom amoroso,
a perfeita maneira de saber-se amado:
amor na raiz da palavra
e na sua emissão,
amor
saltando da língua nacional,
amor
feito som
vibração espacial.
No momento em que não me dizes:
Eu te amo,
inexoravelmente sei
que deixaste de amar-me,
que nunca me amastes antes.
Se não me disseres urgente repetido
Eu te amoamoamoamoamo,
verdade fulminante que acabas de desentranhar,
eu me precipito no caos,
essa coleção de objetos de não-amor.

Do livro "As impurezas do branco" de Carlos Drummond de Andrade

sexta-feira, 4 de março de 2016

Esclarecimento!!!






Gente, tudo bem com vocês?

Que saudades que eu estava. Fiquei um tempo sem poder postar nada, minha internet ficou fora do ar devido as fortes chuvas aqui na minha região, mas estou de volta e vou colocar todas as postagens atrasadas em dia.

Aguardem que está por vim muitas coisas boas por ai...




...Diálogo literário...

TAG - 7 pecados literários

E ai, galerinha, tudo de boa?

Estou trazendo para vocês a tag os sete pecados literários! Uhuuu.
Essa é uma tag que eu já tinha visto a muito tempo no canal "Minha estante", do Bruno Miranda (link do vídeo), e eu tinha achado super legal a proposta. Não sei quem criou essa tag, se alguém souber, deixa ai nos comentários que eu edito a postagem e dou os créditos.




1- Ganância: qual seu livro mais caro? E o menos caro?
R: O mais caro foi "Os miseráveis" em uma edição de luxo, belíssima, custou 99 reais. Sim, ele foi caro de verdade, rsrs.
O mais barato foi "Magno", eu comprei em uma feira de livros por R$ 4,00. Esse livro é pouco conhecido, na verdade, quando eu pergunto, ninguém conhece rs. Mas a história é muito boa, confesso que comprei apenas por que o título do livro é o meu nome. rsrs.




2- Ira: com qual autor você tem uma relação de amor e ódio?
R: Emily Bronte. Ela construiu uma história de amor proibido, que tinham tudo para tentar lutar para vencer as barreiras e as dificuldades. Mas... Eles desistem e deixam as coisas acontecerem, seguindo rumos diferentes. E quando chegamos próximo do fim, nem reconhecemos mais os personagens iniciais. Isso é maravilhoso, a história é maravilhosa, mas porque destruir tanto os nossas corações e nossas esperanças? :/
Haaa, para quem não sabe, estou me referendo ao livro "O morro dos ventos uivantes". Único livro publicado pela autora.




3- Gula: que livro você devorou sem vergonha alguma?
R: "Garoto encontra garoto" do David Levitha. Esse sem duvidas foi um livro que eu devorei, e muito rápido, sem nem mastigar.



4- Preguiça: qual livro você tem negligenciado devido à preguiça?
R: "Crime e castigo". Vocês já viram o tamanho desse livro??? Não preciso falar mais nada, neh?! rs




5- Orgulho: que livro você tem mais orgulho de ter lido?
R: "O morro dos ventos uivantes". Essa é uma história que me encanta muito, acho o livro de um primor incrível, mas em contrapartida, é uma leitura pesada e difícil. Tem que ter muita disposição e vontade.




6- Luxúria: quais atributos você acha mais atraentes em personagem femininos e masculinos?
R: Oxe, que difícil. Olha, não tem nada assim muito certo não. Mas acho que eu gosto de personagens masculinos com atitude, que controlam a situação, sarcásticos e divertidos. Mas... Que tenham também uma ponta de romantismo.
Já para o personagem feminino... Eu gosto de delicadeza, mas também gosto que saiba se impor, e seja corajosa e aventureira. Acho que é isso. (Imagem a seguir é aleatória).




7- Inveja: que livros você gostaria de receber de presente?
R: São tantos rsrs. Olha eu nem sei qual colocar aqui. Acho que o box de "pretty little liars". Ou então aquelas edições de bolso de capa dura em inglês. (Vamos treinar a língua rsrs).




É isso ai. Espero que vocês tenham gostado. Fiquem a vontade para responder a tag vocês também. Deixem seus comentários, e não esqueçam de curtir a página no Facebook e seguir o blog.
Até a próxima...



...Diálogo literário...

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Os 5: personagens femininos mais enigmáticos

E ai, pessoal. Tudo tranquilo?

Sabe quando você está lendo um livro e algum personagem é tão misterioso que vocês gostaria de saber mais da vida dele? Ou quando você pensa que o personagem está escondendo algo de você? Ou até mesmo que o personagem é muito mais do que ele diz? Então, é desses personagens que vou falar hoje, dando foco nelas, as mulheres misteriosas.

1 - Alasca Young - "Quem é você, Alasca?"
A participação de Alasca nessa lista é quase obrigatória. Ela nunca fala da sua vida, ninguém sabe muito sobre ela e nem sobre o seu passado. E até mesmo as coisas que ela faz e sente no presente são meio ocultas. Alguém sabe desvendar os sentimentos de Alasca? Alguém sabe no que ela está pensando? Alguém sabe o por que das suas atitudes e escolhas? Acho que só ela sabe... Ou nem ela deve saber. Alasca é enigmática e misteriosa.




2 - Lettie Hempstock - "O oceano no fim do caminho"
Eu particularmente adoro esse livro, e essa personagem então... Ela me cativou assim que apareceu na história. Fiquei meio na duvida de qual personagem desse livro eu colocaria, se seria ela ou a Ursula Monkton (ou as duas rs). Apesar da Ursula ser mal compreendida e ter suas motivações meio embaçadas, acho que o mistério dela não é tão grande quanto o de Lettie.
Lettie é uma menina aventureira, corajosa, destemida e muito parecida com sua mãe e sua avó. Ficaram varias interrogações na minha cabeça. De onde elas vieram? Elas vieram através do oceano, mas o que tinha do outro lado do oceano? Quem elas eram? O que elas eram?
Durante a história, as vezes eu pensava que as três eram uma pessoa só, outros momentos eu achava que as três trabalhavam juntos, uma como complemento da outra. Várias referencias da mitologia grega vieram na minha cabeça.
E a Lettie era a mais enigmática de todas as três, principalmente por causa daquele final...



3 - Marina - "Marina"

Há! Essa menina é um ponto de interrogação em pessoa. Ela já nos é apresentada de forma suspeita. Todo aquele jeitinho dela, todo o charme, e a teimosia em horas inusitadas, os rompantes. Huuum, sei não. Essa tal de Marina tem é coisa escondida nessa cabecinha ai.
Que Carlos Ruiz Zafón é um mestre da escrita, isso já sabemos. Mas como ele conseguiu construir um personagem tão palpável, tão instável e volátil? Marina é uma combinação de enigmas e suas motivações são ocultas em muitos momentos.




4 - Alice - Saga "As aventuras do caça-feitiço"

Conflito com a família, conflito interno. Ser boa ou ser ruim? Seguir o que está predestinado ou mudar o rumo de sua vida? Alice é um turbilhão de sentimentos, de sensações, de motivações... Ela as vezes nos engana, as vezes só tenta nos enganar. Mas na verdade, Alice não sabe muito bem o que fazer e nem como fazer. Suas atitudes são pautadas no que ela pensa achar certo. Mas e se o seu pensamento e seus conceitos do que é certo ficarem em constante mudança?
Além de confusa, Alice tem seus enigmas. Desde os segredos de família, até os favores que ela pede sem contar o porque e nem pra que. Sua confusão interna se mistura com suas atitudes e intenções, fazendo assim com que não consigamos entender o que está acontecendo com ela e nem o que ela quer.



5 - Margo - "Cidades de papel"
"Ela talvez gostasse tanto de mistério que acabou por se tornar um". Haaaaa John Green, você e esses personagens que manjam das paradas de mistério. Margo não é uma personagem muito presente no livro, mas é citada a todo momento. E as suas curtas aparições já são o suficiente para que possamos perceber que essa menina tem uma nevoa a sua volta, deixando ela na zona dos enigmas.

Margo adora brincar com as pessoas, desaparecer e deixar pistas, sumir por uns dias. E onde ela estava? Ninguém sabe. Tudo o que se sabe sobre ela é pura especulação. Rumores. Boatos. Mas se é verdade ou não? Não sabemos e nem vamos saber. Há quem diga que ela já foi integrante de um circo, outros que ela já se apresentou em um teatro com uma companhia de dança, outros dizem que ela namorou o guitarrista de uma banda famosa, mas será que é verdade mesmo???
Hahahaha, Margo, Margo. Nunca saberemos as suas verdadeiras histórias.

(Fica uma dica para o meu querido autor, John Green. Se um dia você não souber sobre o que escrever, escreva um livro contando sobre a vida da Margo, as suas aventuras, suas tramas, tudo pelos olhos dela. Ou se não for um livro completo, que seja pelo menos um conto, ou alguns contos, rsrs. Fica a dica ai.)   ;-)




É isso ai, pessoal. Espero que vocês tenham gostado. Deixem os seus comentários.
Não esqueçam de seguir o blog, curtir nossa página no Facebook para ter acesso a conteúdo extra, e nos seguir no Twitter.
Até a próxima...



...Diálogo literário...

domingo, 21 de fevereiro de 2016

Ensaio - Elisa Lucinda

Postado Por: with 1 Comentario


Ainda vou escrever sobre o seu olhar
Há nele alguma coisa que me ampara
marrom e profundamente
me acolhe castanho e eternamente
me depara e dispara
castanhas, nozes,
castor e não passas
Nele um Natal de
só se nascer
ascende
piscante
cílios faiscantes me
namoram
a pedidos o pescoço,
um poço, talvez, não
sei moço
seu olhar parece uma espécie de gosto
de posto que me norteia
de porto que em mim aldeia mora
um olhar que me olha e me ora
sem eu pedir, e donde sem vontade com saudade
me despeço
Ele é um gesto
um olhar fundo e esperto
Dele quero tudo mas não peço.
É novidade, antiguidade
realidade e arcabouço
nele caminho tranquila calça comprida, mão no bolso
Nele crown! … natação de manhã.
Em bom dia me cucoriza
ao abri-lo em minha cara
pela primeira vez ao dia
Vadia, sua órbita
me desatina linda
a um chamado íntimo e mundano.
Há nesse castanho
uma espécie de banho de explosão
de vontades
Uma generosidade feita de ser tudo
sem oprimir nada
um encontro inquieto e firme
uma coisa livre de se dar sei lá
ainda vou escrever sobre o teu olhar.

Do livro "euteamo e suas estréias" da Elisa Lucinda.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

TAG - Os cinco sentidos

E ai galerinha, tudo de boa?

Estou trazendo hoje uma tag fresquinha aqui para o blog. Ela acabou de sair do forno, foi criada esses dias pelo blog "Encontro com livros". Essa tag é muito criativa e divertida. Ela é baseada nos cinco sentidos do corpo humano. Vamos nessa?



1 - Tato - Um personagem que você gostaria de abraçar.
R: Noah do livro "Garoto encontra garoto". Acho que todos que leram esse livro querem dar um abraço nele. Noah é muito fofo e simpático, e carinhoso, e dedicado, artista, nossa, a perfeição em pessoa. 



2 - Olfato - Cheiro de livro impresso ou leitor digital?
R: Livro impresso. Nada contra os leitores, até acho super valido ter um, mas nada se compara com o cheiro dos livros.


3 - Paladar - Um livro que você devorou e o gosto foi de quero mais.
R: "Garoto encontra garoto" do David Levithan. Que história fantástica, que livro delicioso. Quando cheguei na última página logo pensei: "EU PRECISO DE MAIS DESSA HISTÓRIA, POR FAVOR!".




4 - Audição - Um livro que você não suporta ouvir falar mal.
R: Eu tenho uma listinha de livros que não deixo ninguém falar mal, mas aqui só posso colocar um neh?! Então vamos lá. "Trono de vidro" da Sarah J. Maas. Esse livro é incrível, um dos meus favoritos sem duvida, e ninguém pode falar mal nenhum dele perto de mim, até brigo rsrs.


5 - Visão - Um livro que você viu e comprou na hora.
R: "O diário de Anne Frank" edição de luxo, com a capa imitando o diário verdadeiro, fotos e trechos digitalizados do diário original. Essa edição é linda, assim que eu entrei na livraria e olhei pra ela... Comprei sem pensar duas vezes.

É isso ai gente. Espero que vocês tenham gostado.
Deixem seus comentários com suas respostas. Quero muito saber o que vocês acham.
Não deixem de seguir nosso blog, curtir nossa página no Facebook e nos adicionar no skoob. Os links estão na lateral direita. Confere lá.
Até a próxima...



...Diálogo literário...

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Os 5: livros com temática LGBT

E ai, galerinha. Tudo de boa?

Aqui as coisas não estão tão bem assim não, hoje o dia foi de correria, muitas coisas para resolver, mas não posso deixar de trazer nossa lista.

E hoje vou listar alguns livros com temática LGBT, porque sim! Ainda existe muito preconceito espalhado por ai, muitas pessoas não aceitam e nem respeitam os outros como eles são. E esse lance de preconceito está tão enraizado que fica muito difícil de diluir. Mas não estamos nem ai para eles, não é mesmo?! Devemos respeitar a todos.

1 - Aristóteles e Dante descobrem os segredos do universo - Benjamin Alire Sáenz
O livro nos conta a história de Dante, um garoto descolado que gosta de explorar e aprender sempre coisas novas, e Ari, um garoto tímido e com dificuldade se expressar.
Danta tem um jeito único de ver o mundo, Ari tem um muro que ele mesmo construiu em volta de si. Quando os dois se conhecem, imediatamente uma ligação surge entre eles. Compartilhando um do mundo do outro, eles descobrem que o amor é a chave para desvendar os segredos do universo.
Gente, olha a premissa desse livro... Tem como não ficar curioso para saber como vai ser a relação dos dois? Tem como não ficar louco pra ler cada linha desse livro? Bom, eu fiquei louco para descobrir cada detalhe dessa história. E olha essa capa? *-*

2 - Não existe amor errado - Aharom Avelino
A escola pode ser um lugar complicado para qualquer adolescente, mas para um adolescente gay, ela pode ser ainda pior. Nando, Lipe, Caio e Júlia são quatro amigos que estão concluindo o ensino médio e precisam aprender a lidar com o preconceito, o julgamento e a agressividade dos outros alunos. Com coragem, amizade e, às vezes, muito bom humor, eles acabam descobrindo "a dor e a delícia" de ser quem são. Mas, e se em meio a tudo isso, um deles se apaixonar pelo garoto mais gato da escola? E se esse garoto for heterossexual? Será que, no amor, vale tudo? Será que, realmente, Não Existe Amor Errado?
Wow! Pera ai gente, preciso de um segundo aqui para respirar e digerir esse livro... Nem sei o que dizer dele, leiam, é de surpreender a forma como a história é conduzida.

3 - Águas turvas - Helder Caldeira
E como deixar de fora o meu livro queridinho???
O jovem médico brasileiro Gabriel Campos decide fazer especialização em Worcester, Massachusetts, depois da morte dos pais. Justin Thompson, herdeiro de uma abastada família republicana de Holden, no mesmo estado, dirige uma rede de revendedoras de automóveis em plena crise econômica de 2009. A trajetória desses dois homens é permeada por um turbilhão ininterrupto de acontecimentos, que prendem irreversivelmente o leitor até o último parágrafo e constroem uma emocionante história de amor.
Mergulhe nessas águas e descubra que o as torna tão escuras não são sujeiras, mas sim as peculiares pedras negras em seu fundo... Esse é um livro que eu tenho vontade de ler sempre que olho para ele. A experiência contida nessa leitura é única, sem qualquer sobra de duvida.

4 - Sobre garotos que beijam garotos - Enrique Coimbra
Inspirado na da própria vida do autor, e também da convivência com os desejos e angústias de sua geração, para criar a história de um garoto carioca que tateia pelos caminhos da descoberta sexual, seguindo em frente à revelia de padrões ou probabilidades. E talvez tenha acabado por conquistar ainda mais do que desejava: um livro sobre o relacionamento impossível entre dois garotos, sim, mas também uma narrativa corajosa sobre a descoberta da frustração e do efêmero, que acompanha o amadurecimento de qualquer um de nós. 
Esse é um livro que ainda não li, mas gente, fala sério, uma história sobre descobertas sexuais, e tudo tendo o Rio de Janeiro como cenário? Já quero. rsrs

5 - Garoto encontra garoto - David Levithan
Genteeeeeeeeeee, terminei de ler esse livro esses dias e que satisfação foi lê-lo. A história segue a vida de Paul e as relações dele com os amigos, com os pais, com os colegas da escola, e é claro, com Noah, um menino lindo, simpático, divertido, fofo, haaaaaaaa *-*
Infinite Darlene, uma drag queem que também é a líder do time de futebol americana, Joni e Tony, seus os melhores amigos que o ajudam e estão ao seu lado. Principalmente quando ele tem de conquistar e reconquistar Noah. (Quando vocês lerem, vai compreender o porque).
Em breve vai ter resenha dele aqui no blog, então nem vou falar muito sobre ele não.

Essa é a nossa lista de hoje, gente. Espero que vocês tenham gostado. Deixem ai nos comentários se tem algum desses livros que vocês gostam ou querem ler.
Não deixem de seguir o blog, curtir nossa página no Facebook e nos adicionar no Skoob.
Até a próxima...



...Diálogo literário...

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Sorteio no blog da Julia Rios


O blog está realizando um sorteio em parceria com o autor e alguns blogs parceiros. Participem!

TERMOS:
  • Não é obrigatório responder os extras, você só arrecada mais pontos e tem mais chances de ganhar.
  • Estar seguindo TODOS os blogs que estão colaborando no sorteio.
  • O vencedor terá 72 horas para responder ao nosso contato, caso contrário, será desclassificado e realizaremos um novo sorteio.
  • O livro será enviado pelo autor, e por isso, pedimos total a total atenção do sorteado ao passar seu endereço.
  • Após sortear, iremos ver se o vencedor cumpriu todas as regras e entrarei em contato. Caso o contrário, o sorteio será feito novamente.
  • O correio faz três tentativas de entrega, se o livro não for entregue, ele retornará a quem enviou.
  • O resultado será publicado na página do blog e também estará destacado o nome do vencedor nesta mesma postagem.

a Rafflecopter giveaway

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Resenha: Animais fantásticos e onde habitam

E ai galerinha, tudo tranquilo por ai???

Estava adorando o clima aqui no Rio de Janeiro, chuvinha fina com um leve friozinho. Tem coisa melhor do que isso? Tem sim, ler um livro e resenhar aqui para vocês.
Mas o calor voltou, e voltou com força. Mas a resenha não deixa de vir... =D

E hoje eu trago mais uma resenha. O livro da vez é da nossa querida J. K. Rowling, mas já vou avisando, não serão apenas elogios. E eu nem tenho muito o que dizer desse livro, mas vamos lá.






Título: Animais fantásticos e onde habitam
Ano: 2001

Título: Fantastic beasts and where to find them
Ano: 2001

Autor: Newt Scamander (J. K. Rowling)
Editora: Rocco
Tradução: Lia Wyler
Gênero: Fantasia / Humor



O livro começa com um prefácio de Alvo Dumbledore, e logo em seguida nos apresenta o autor Newt Scamander, é que um estudioso pesquisador e explorador do mundo mágico. O livro nos conta a história de como foi feita a classificação do o que é ser e o que é animal. E logo em seguida nos fala como os animais fantásticos se escondem dos trouxas (humanos não bruxos). Terminamos com um o catalogo dos animais e sua descrição, assim como sua classificação de periculosidade.

J. K. Rowling cria nesse livro um personagem para ser ela mesma. O escritor do livro é o pesquisador Newt Scamander, e esse é um dos livros da biblioteca de Hogwarts. Até encontramos pelo livros vários comentários dos alunos, alguns trechos que eles rabiscaram no livro. Eu achei isso bem legal. O livro tem todo um ar cômico.

A classificação dos animais vai de "tedioso" a "extremamente perigoso". A variedade de animais é enorme, mas mesmo assim não me agradou muito.
O livro é muito fino, em média 64 páginas, com capa muito mole e sem abas, o que torna o livro bem frágil. Na primeira passada de página o livro já vai se abrir todo. E o pior de tudo é que o preço com condiz com a qualidade. O livro é um tanto salgado, mas o lucro será entregue a Comic relief, uma empresa que utiliza o riso para combater a miséria.

Para quem é fã de Harry Potter, é uma boa ter esse livro, pois um colecionador de verdade não vai se importar muito com o conteúdo. Mas para quem não é muito fã ou está esperando um livro como "O bestiário" da saga "As aventuras do caça-feitiço", ou "O diário de John Winchester", que são livros com a mesma temática, por favor, diminua a sua expectativa. Apesar de ter a mesma intenção, creio eu, o livro não chega nem perto. É um simples passa tempo sem nenhuma pretensão de ser um livro referência.
Mas vai muito do gosto de cada um neh?! Para mim não funcionou. :/


CITAÇÕES

"Chimaera (Quimera)
Classificação M. M.: XXXXX
A chimaera (Quimera) é um monstro grego raro com cabeça de leão, corpo de bode e rabo de dragão. Feroz e sanguinária, ela é extremamente perigosa. Só se conhece um exemplo de alguém que tenha abatido uma quimera, mas o azarado bruxo em questão caiu do seu cavalo alado (veja página 63) e morreu pouco depois, sem forças. Os ovos da quimera são classificados como Artigos Não Comerciáveis Classe A". (Página 28)


É isso ai galerinha, e vocês? O que acharam desse livro?

Deixem ai nos comentários a sua opinião.

E não deixem de seguir o nosso blog, de curtir nossa página no Facebook para ter acesso a conteúdo extra, e nos seguir no Twitter.
Até a próxima...



...Diálogo literário...
Postagens mais antigas → Página inicial